segunda-feira, 26 de julho de 2010

Um anúncio de insecticida

Podia ter sido um fim-de-semana perfeito. Podia, mas de certeza que não era a mesma coisa. É que quando começou a anoitecer chegou uma praga de mosquitos que nos atacou (por "nós" entenda-se a mim e ao sr. namorado - ai que doces que eles são).  Não arranjei Fenistil, nem repelente. Não encontrei a farmácia de serviço porque o raio do GPS do telemóvel se passou e passei o resto da noite com um mau humor medonho.

Resultado: 40 mordidelas contadas e algumas descobertas entretanto. Pés, Palma dos Pés, Pernas, Braços, Barriga, Costas, Cara. Borbulhas por tudo o quanto é lado. Ele tem um mão muito inchada e quase tantos borbulhos quanto eu.

Hoje encontrei uma mini-praga de formigas aqui a passear na secretária. Já matei umas 10. O mundo dos insectos virou-se contra mim?

4 sentidos:

Lila* disse...

40???


Que medo!!!

Periquito disse...

Com mais de dois 2kg de chocolate nos anos, deves estar para os insectos como um pirilampo a jogar às escondidas dentro de um quarto escuro à noite com os estores fechados

Leila Reis disse...

também apanhei umas quantas picadas de insectos, tenho as pernas mesmo lindas...

Nokas* disse...

Quando era pequenita, bem me lembro, que os insectos amavam-me. Nos dias de piquenique era a loucura. Entretanto com os anos deve ter-me tornado menos doce. E os insectos já me deixam mais sossegada (mas verdade seja dita que já não faço piqueniques, um dia destes faço um e depois avalio o meu grau de doçura para estes insectinhos)