terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Medula e afins

Depois de ler o Para A Minha Irmã e hoje ter chegado a este blogue, fiquei com ainda mais vontade de ser dadora de medula. Infelizmente não posso dar medula nem sequer sangue. -_- Por isso tento convencer toda a gente que posso a doar. Para dar sangue já todos sabemos como se faz. Para dar medula é ainda mais simples, basta inscrevermos-nos num sítio em que façam a colheita (eu fiz aqui), preencher um formulário e tirar um bocadinho de sangue. Ficam logo inscritos no banco de dadores. Depois disso, são apenas contactados em caso de serem compatíveis com alguém que necessite. Essa parte já não sei bem como funciona, mas já tive que tirar um bocadinho de medula (Ponção Lombar) e não custa assim tanto. Se realmente poderem ajudar alguém, tenho a certeza que se sentirão fantásticos... Pelo menos eu sentir-me-ia!

Beijinho*

6 sentidos:

simone-lds disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
simone-lds disse...

Poxa vida, imagina só se o munto todo tivesse essa consciência... Eu sou doadora de medula... Sinto-me feliz por isso.

Lila* disse...

Eu tb ja sou doadora ha mt tempo:)

Lila* disse...

dadora!!!!Eu tou ficar louca

Sara Francisco disse...

Eu também sou, é mesmo fácil. E tenho vontade de bater nas pessoas que não o são por terem medo de agulhas =/

simone-lds disse...

Sara... é verdade... ahuhauahhau... Sabe que quando eu fui tirar o pouquinho de sangue, eu não sabia o procedimento e estava com um pouco de medo porque estava grádida. Quando a enfermeira terminou eu continuei sentadinha esperando por mais alguma coisa. Que mico!!!

Ah, esqueci de falar, mas indiquei esse blog pra brincadeira do selinho. É só vicitar meu blog: http://simone-lds2.blogspot.com/