quarta-feira, 18 de maio de 2011

Elogio à Solidão.

Gosto de estar sozinha.

De passear na praia sozinha. Do vento, do sol ou da trovoada. De me sentar no parapeito a ler. Não ouvir ninguém. Poder ler. Poder escrever. Poder fotografar. Poder ver. Poder desenhar. Poder sonhar. Poder pensar ou não pensar. Tanto faz.

Gosto da minha companhia. Para equilibrar. Para relaxar.

Gosto de pessoas, muito. Mas gosto igualmente dos meus bocadinhos.

Mais do que querer e gostar eu preciso de ter estes momentos. Sozinha. E sabe-me pela vida.

1 sentidos:

nuvem.de.algodão doce disse...

Também gosto. Há alturas em que sabe muito bem.
*