quarta-feira, 27 de julho de 2011

Isto deve querer dizer alguma coisa*

Até há bem pouco tempo o meu conceito de férias ideais implicava “conhecer”. Ir para um sítio novo e ver o máximo que podíamos no tempo disponível. Caminhar quilómetros e quilómetros, de guia na mão, ver, absorver porque “para descansar ficava em casa”. O conceito de “estendida na praia a apanhar sol” caia direitinho na definição de “perda de tempo”.

Hoje dou por mim em contagem decrescente para as férias. A sonhar com as horas em que não vou ter que fazer nada, em que posso embrutecer e desligar o computador, o telemóvel e o cérebro. Só dormitar e aproveitar. Até na parte das férias em que vamos para um sítio novo, já penso em guardar tempo para parar um bocado.

Definitivamente, não me reconheço.

*e cheira-me que é um "estás a ficar velha" :)

4 sentidos:

Martinha disse...

sinto o mesmo! até ter chegado às férias só pensava em ter tempo para dormir e não fazer nenhum. e tem-me sabido pela vida!

Kitty * disse...

Aiiiiiiiii e 3 :P

Dark angel disse...

Pois, cheira-me ao mesmo que tu, LOL :)

SaboneteDeGlicerina disse...

E vão duas... :)