sábado, 7 de fevereiro de 2009

A Lisboa que amanhece

Agora que viemos dar uma voltinha pelos ares de sul (sim porque nós somos uns desnaturados que quase não conhecemos a nossa bonita capital!), ficamos a perceber algumas coisas:
  • Lisboa é mesmo, mesmo grande;
  • Isto de falar em “margem sul” e “margem norte” faz todo o sentido: nós estamos hospedados na Costa da Caparica (margem sul) e cada vez que queremos ir ou vir de Lisboa é um suplício! Filas, portagens, montes e montes de carros… Chegar do Espinho ao Porto é muito, muito fácil, comparando com isto;
  • A minha teoria sobre “todas as cidades e monumentos ficam lindos à noite” está mais do que comprovada;
  • Quem fez a maior parte das ruas de Lisboa não deve sequer ter a carta;
  • O São Pedro é o maior e tem sido muito nosso amigo (mas obrigada pelo conselho de dar um salto a Barcelona, para a próxima não falha ;) ).

Deve haver mais coisas, mas estou tão cansada que agora não me lembro. Se forem realmente importantes/interessantes (?) escrevo.

Assim, resumindo: fomos aos Jerónimos (a minha parte preferida: túmulos e mais túmulos), à Torre de Belém e ao Padrão dos Descobrimento. Almoçamos no CCB (que finos que eles são!). Lanchamos no Starbucks (nojenta!), vimos o Ricardo Araújo Pereira e o Francisco Côrte-Real. Vimos a Sandra e o Ricardo. Estivemos na loja da Catarina Portas que é um espectáculo (espreitem AQUI). Demos um salto ao Chiado, Bairro Alto, Rua Augusta, Rossio, Praça D. Pedro IV, Praça do Comércio e afins que é tudo pertinho e é bem giro. O Tó ganhou pavor a rotunda do marquês. Subimos o elevador de Santa Justa (que foi uma óptima surpresa para mim). Caminhamos tanto que nem sinto as pernas e os pés.

Aqui ficam umas fotos, depois mostro mais. O sinal de net aqui é um nojo, e isto é mesmo muito lento (cada vez que carrego uma pagina consigo ler três folhas do meu livro!) por isso não consigo quase fazer nada. Este post já é um verdadeiro desafio… no Domingo dou mais notícias.

Padrão dos Descobrimentos. As fotos onde nós aparecemos tão horríveis...


Nós e o Fernando (!) na Brasileira


Largo do Carmo


Claustros do Mosteiro dos Jerónimos



Beijinho*

P.S. Olhem que lindos os meus novos sapatinhos:


2 sentidos:

sarafrancisco disse...

Olá!!!

Hoje acordei com uma mensagem que dizia "Vou agora ao jardim zoológivco nha nha nha...". Não é de te mandar ir passear?! Pois, lá está, a passear já estas tu e vens para aqui meter nojo.. É preciso ter lata!

Pronto, eu estou a brincar mas que és nojenta não retiro...

Beijinhos e divirtam-se!

P.S.- Os sapatos são mais giros do que parecem na foto.

Nokas* disse...

=)

Eu no verao que passou fui a Lisboa mas num dia só nao deu para ver tudo =(
Mas pelas fotos o que mais gostei foi do Mosteiro dos Jeronimos! Parece-me um bom sitio para apontar na minha agenda de "futuros passeios a dar" =)

beijinhos*