terça-feira, 30 de agosto de 2011

Clap clap clap

2 sentidos:

Periquito disse...

Eu por coincidência, vi o programa no próprio dia. Opá o gajo vende bem, gostei de o ouvir, mas não acho que as coisas sejam tão lineares como ele pinta

Vera disse...

Concordo. O gajo é uma personagem e isso ainda o torna mais engraçado. Gostei de ouvir e até acredito que esteja a pintar tudo muito fácil, mas no meio de tanta queixa, sabe (e faz) bem uma voz diferente.